TRF-2 permite reutilização de EPIs após esterilização

A reutilização de EPIs após esterilização foi autorizada pelo Tribunal Regional Federal, conforme decisão divulgada em 07 de abril.

O desembargador Guilherme de Castro, do TRF-2, autorizou uma empresa de esterilização a reprocessar e reesterelizar equipamentos de proteção individuais (EPIs) para profissionais da saúde. Neste caso, enquadram-se máscaras, gorros, capotes e óculos.

 

Fonte: Jornal O Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *